Secretaria de Saúde inaugura Centro de Atendimento Psicossocial em Santo Antônio do Descoberto

188
Equipe de profissionais responsáveis pelo CAPS, sob coordenação de Maria Calisto.

CAPS será instrumento para realização de terapias em grupo para combater transtornos psicológicos

Por Kleber Luiz

Na manhã de terça-feira (2), a secretária Municipal de Saúde (SMS) de Santo Antônio do Descoberto, Antônia Eliane de Oliveira, inaugurou uma unidade do Centro de Atendimento Psicossocial (CAPS). A unidade, situada na Quadra 114, Lote 17, Vila Maria Auxiliadora, deve fazer atendimentos por meio de grupos de terapias à comunidade do município.

De acordo com a coordenadora do CAPS, Joana Calistro, “a estrutura mantém uma equipe multidisciplinar para fazer atendimentos com grupos de terapias, composto de, além da coordenação, um médico, um neurologista, um psiquiatra, um psicólogo, um psicopedagogo, dois enfermeiros, dois assistentes sociais.”, disse.

Equipe de profissionais responsáveis pelo CAPS, sob coordenação de Joana Calistro, primeira da direita para a esquerda – Foto: Michel Gomes

Ainda de acordo com Joana Calistro, a unidade não realizará atendimentos ambulatoriais. “O CAPS tem o objetivo de tirar a pessoa aqui de dentro para a rua, aqui não haverá atendimento ambulatorial. Se a pessoa tem um transtorno, ou uma crise, ele vai ser atendido pelo SAMU para o hospital, de internação psiquiátrica, para receber o atendimento imediato. Quando ele sair da crise, ele vem para o CAPS para dar continuidade, ao tratamento de modo que possa ser reinserido à comunidade.”, explicou.

Na ocasião da inauguração, Eliane Oliveira lembrou que, enquanto enfermeira, nutria o sonho de ter um CAPS aberto na cidade, o que ocorreu, na condição de secretária de Saúde.

Saúde Mental

Secretária de Saúde, Eliane Oliveira, fala sobre importância do CAPS – Foto: Michel Gomes

Para a secretária de Saúde, Eliane Oliveira, embora a inauguração tenha ocorrido dois dias após o término de setembro, mês em que se comemorou o Setembro Amarelo, dedicado a prevenção ao suicídio, a gestora observa que o CAPS deve atuar para reduzir o impacto da depressão na vida dos moradores de Santo Antônio do Descoberto.

“Infelizmente, não conseguimos inaugurar o CAPS ainda no mês de setembro, mas mesmo com o atraso, o CAPS foi inaugurado e será um instrumento importante para que a comunidade de Santo Antônio do Descoberto receba atendimento e possa participar de terapias visando, por exemplo, reduzir as crises de depressão.”, explicou Eliane Oliveira.

Apoio

A inauguração do CAPS contou com a presença da presidente do Grupo Mansão Vida, Ester Giraldi que se colocou a disposição para colaborar com o Centro de Atendimento Psicossocial de Santo Antônio do Descoberto.