Baile de carnaval dos idosos 2020

28

Vila Vida na folia

De longe era possível ouvir o som da festança. Com direito a máscaras e confete, do jeito que tem que ser um baile de carnaval.

Teve até rei e rainha. Os candidatos estavam todos fantasiados, uma Mulher-Maravilha, Minnie e até um Hulk. A cada um que desfilava para convencer os jurados era uma competição de salva de palmas.

Antes da escolha dos reis, os idosos sacudiram o esqueleto com uma marchinha. Depois da reunião dos jurados, a Mulher-Maravilha e o Hulk receberam a faixa e a coroa de rei e rainha de carnaval do Vila Vida 2020, Dona Rosa e Seu Agostinho.

Mas, na verdade, quem venceu foi o amor e a folia, todos se divertiram. Além da alegria, os idosos também foram para a sala de artesanato e fizeram todos os enfeites.

São 16 idosos que vivem no local e moradores do município que também participaram da festa.

A Eloíza Teresa é a coordenadora do abrigo e fala do evento: a importância é do serviço de convivência. O idoso chega aqui isolado, triste e calado. Chega aqui e se diverte, fica feliz. É uma atividade que cura e não é julgado pela idade. Eu fico muito feliz.

“Foi muito ótimo, tenho que agradecer pela festança, é só alegria”, disse o rei. Já a rainha, tímida, disse que nem pensava em ser a escolhida. “Foi muito divertido. A gente não participa de festa carnaval lá fora, só aqui”, falou com um sorriso no rosto.

Seu Agostinho e Dona Rosa foram os primeiros reis de carnaval do Vila Vida. Alê, lê, lê, ooo, mais que calor! Viva o carnaval!